Problemas da Próstata: Hiperplasia

A próstata é um órgão masculino  e sua secreção é responsável por fluidificar o  líquido liberado durante a ejaculação. Além disso, participa da nutrição e preservação dos espermatozoides produzidos nos testículos. Como qualquer estrutura do corpo humano, a próstata está sujeita a várias doenças, sendo as mais comuns à hiperplasia prostática benigna, o câncer e as prostatites (Inflamações).

A Hiperplasia prostática benigna ou HPB é uma condição clínica caracterizada pelo aumento do tamanho da próstata que leva ao aparecimento de sintomas urinários. Está relacionada diretamente ao envelhecimento masculino, acometendo cerca de 90% dos homens por volta dos 80 anos de vida. Ao contrário do que muitos pensam a HPB não está relacionada ao surgimento do câncer de próstata.

prostata-01

Classicamente, os sintomas de HPB  incluem: urinar várias vezes durante o dia, urgência urinária,  acordar inúmeras vezes a noite para urinar , redução  da força do jato urinário, intervalo entre as micções menor do que 2 horas, esforço ou demora a iniciar a micção, jato urinário  partido, sensação de esvaziamento incompleto e gotejamento urinário terminal. Esses sintomas se manifestam de maneira cíclica apresentando períodos de piora e melhora clínica causando desconforto, constrangimento e prejuízo na qualidade de vida dos acometidos.

Se não tratada, a HPB pode evoluir para complicações sérias como retenção urinária, infecções e insuficiência renal.

O diagnóstico é feito através da história clínica; exame físico que consiste no toque retal para avaliar o tamanho, consistência e a presença de nódulos suspeitos na próstata; sumário de urina para excluir infecções ou  presença de sangue na urina; determinação do PSA sérico  e a urofluxometria (medida da velocidade do fluxo urinário) para avaliar o grau de obstrução causada pela hiperplasia. A ultrassonografia e o estudo urodinâmico podem  ser utilizados ainda de acordo com as necessidade do urologista.

prostata-02

O tratamento pode ser dividido em clínico (uso de medicações para reduzia o volume prostático e facilitar a saída de urina) indicado na presença de sintomas leves; ou cirúrgico, quando houver falha do tratamento clínico ou na presença de sintomas graves ou complicações. A cirurgia é realizada, principalmente, através da ressecção endoscópica da prostática por via uretral (RTUP) em casos de próstatas de volume inferior a 80 gramas ou cirurgia aberta nos casos de próstatas maiores.
O importante é procurar o Urologista após o aparecimento dos sintomas.

Especialidades

Consultas em mais de 20 especialidades médicas e com uma equipe qualificada.

VEJA A LISTA

Nossos Exames

Exames de alta qualidade e com os equipamentos mais modernos da região.

VEJA A LISTA
Escolha um serviço

Escolha um serviço

Especialidade médica é dedicada ao diagnóstico e tratamento de diversas doenças de origem não traumática que acometem o sistema musculoesquelético (ossos, músculos e articulações).

 

Especialidade dedicada ao funcionamento do sistema nervoso. O Neurologista atua no diagnóstico e tratamento das doenças que afetam o sistema nervoso (cérebro, medula espinhal, raízes nervosas e nervos) e músculos (doenças musculares – miopatias).

Área médica incumbida de diagnosticar e tratar doenças no aparelho urinário formado pelos rins, bexiga, ureteres e uretra tanto no sexo masculino, quanto o feminino. Além o urologiasta se dedica ao estudo e tratamento de patologias no órgão genital masculino.

É a especialidade médica cuja área de atuação compreende: Cirurgia Abdominal, Cirurgia videolaparoscópica e Cirurgia do trauma. Esta especialidade médica ocupa-se do estudo dos mecanismo fisiopatológicos, diagnóstico e tratamento de enfermidades passíveis de abordagem por procedimentos cirúrgicos.

É a especialidade médica cuja área de atuação compreende: Cirurgia Abdominal, Cirurgia videolaparoscópica e Cirurgia do trauma. Esta especialidade médica ocupa-se do estudo dos mecanismo fisiopatológicos, diagnóstico e tratamento de enfermidades passíveis de abordagem por procedimentos cirúrgicos.

É a especialidade médica cuja área de atuação compreende: Cirurgia Abdominal, Cirurgia videolaparoscópica e Cirurgia do trauma. Esta especialidade médica ocupa-se do estudo dos mecanismo fisiopatológicos, diagnóstico e tratamento de enfermidades passíveis de abordagem por procedimentos cirúrgicos.

Exame que registra oscilações elétricas da atividade cardíaca. Não necessita jejum

É um método diagnóstico que utiliza o eco produzido pelo som para ver em tempo real as reflexões produzidas pelas estruturas e órgãos do organismo. Preparo: Depende do exame a ser realizado. Para maiores informações consulte seu médico. Veja alguns exemplos: •Ultrassonografia Abdome total: Jejum de 12 horas e uso de laxantes no dia anterior ao exame (sob orientação médica); •Ultrassonografia Pélvica Abdominal: bexiga cheia; •Ultrassonografia Pélvica Transvaginal: bexiga vazia.

Exame utilizando uma sucessão de raios x, estudando pequenos segmentos do corpo humano. Preparo: Dependerá da indicação do exame. Consultar seu medico anteriormente.